Compartimento wired

A sample of Wired covers. Wired 1.01 (the premiere issue), with Bruce Sterling's face on the cover, is shown to the right.

Wired compartimento são um compartimento mensal da cheio-cor e um periodical em linha publicados dentro , desde março . Relata em como tecnologia e afeta a cultura, a economia, e a política.

É um relacionado não mais longo a Notícia Wired, que publica no wired.COM. Entretanto, a notícia wired for responsável para reprinting em linha satisfeito do compartimento wired devido a um acordo do negócio feito quando Publicações De Condé Nast comprou o compartimento, mas não o Web site.

Seu stance editorial foi inspirado em parte pelas idéias do theorist canadense dos meios , creditado como o compartimento "patron saint"dentro cedo colophons. Wired ambos foram admirados e não gostados para seu forte libertarian os princípios, seu entusiástico embrace de techno-utopianism, e sua disposição às vezes experimental com seu uso bold(realce) de tintas fluorescentes e metálicas.

Índices

History

O compartimento foi fundado pelo journalist de Americano Louis Rossetto e seu sócio Jane Metcalfe em 1993 com revestimento protetor inicial do empreendedor do software Charlie Jackson e pundit da indústria Nicholas Negroponte do Laboratório Dos Meios, que era um columnist regular por seis anos, com 1998.

Wired estava um sucesso grande em seu lançamento e foi comparado a para seus inovação e impacto cultural. O compartimento ganhou duas concessões do compartimento do nacional para o excellence geral e uma para o projeto em seus primeiros quatro anos.

No inception Wired foi comparado também frequentemente a um predecessor, o compartimento Mondo 2000. Ambos compartilharam de um uso creativo do projeto, e de a cyberculture matéria sujeita. Introduções adiantadas de Wired mostrou uma influência desobstruída de Mondo 2000, mas tempo de excesso os dois compartimentos diverged como Wired desenvolveu um estilo mais distintivo. Mondo 2000 reteve sua ênfase mais subversiva do cyberculture, quando Wired ênfase deslocada mais e mais em um sentido mainstream. Wired toned também abaixo as extremidades do projeto que fizeram difícil de ler. O editor executivo fundando de Wired, Kelly De Kevin, era anteriormente um dos editores do Catálogo Inteiro Da Terra e Revisão Inteira Da Terra, e trouxe com ele muitos escritores contribuindo daquelas publicações. Seis autores da primeira edição, 1 wired.01 tinha escrito para Revisão Inteira Da Terra, o mais notàvelmente e Tipo De Stewart. Outros contribuinte a Terra Inteira aparecido dentro Wired, incluindo que foi caracterizado sobre Wired 'tampa de s em seu primeiro ano.

Apesar do fato que o kelly estêve envolvido em se lançar POÇO, um acesso público adiantado ao Internet, Wired 'edição de s primeiro (1.01) de-emphasized o Internet, e falaram primeiramente sobre jogos interativos, pilha-telefone que cortam, efeitos especiais digitais, simulações militares, e japonês . Apesar dos boatos pelo contrário, a primeira edição conteve muitas referências ao Internet, including um artigo longo no sexo da em linha-data e do Internet, e um tutorial em instalar do "um filtro bozo" para eliminar bornes em linha pelos trolls, entre outras referências. A última página, uma coluna escrita perto Nicholas Negroponte, foi escrito no estilo de uma mensagem do E-mail, mas conteve endereços obviamente falsificados, não padronizados do E-mail. Pela terceira edição na queda de que ' a coluna do surf líquido ' começou a alistar interessar Ftp locais, grupos da notícia, e email os endereços, em uma hora quando os números destas coisas eram pequenos e nesta informação eram ainda extremamente novela ao público. Wired era entre os primeiros compartimentos para alistar o email address de seus autores e contribuinte.

O compartimento foi seguido rapidamente por um Web site do companheiro HotWired, uma divisão publicando do livro hardWired, uma edição japonesa, e uma edição britânica short-lived, Reino Unido Wired. HotWired próprio spawned dúzias dos Web site including Webmonkey, o Search Engine Hotbot, e um weblog, Sugue.COM. Em Junho , o compartimento lançou mesmo seu próprio índice conservado em estoque, O Índice Wired, desde julho chamou-se Os 40 Wired.

A fortuna do compartimento e das empresas aliadas correspondeu pròxima àquela do . Em , Rossetto e os outros participants em riscos wired tentou fazer exame do público da companhia com . A tentativa inicial teve que ser retirada na cara de um downturn no mercado conservado em estoque, e especial no setor do Internet, durante o verão de 1996. A segunda tentativa teve que ser retirada após um email por Rossetto à equipe de funcionários, touting os prospetos da companhia, foi escapada aos repórteres, fazendo com que o segundo governe que wired violated "os regulamentos do período quieto" a respeito de IPOs.

Rossetto e Metcalfe perderam o controle de riscos wired à equidade financeira do providence dos investors em maio 1998, que vendeu rapidamente fora da companhia nas partes. Wired foi comprado perto Publicações Avançadas, que o atribuiu à subsidiária do avanço, New York- publicações baseadas de Condé Nast do publisher (ao se manter Wired 'escritórios editorial de s em San Francisco).

Após o ruído elétrico ponto-COM

Após o ruído elétrico do , Wired perdeu muito de seu impacto e teve que competir com o multitude do relatório da tecnologia e as fontes disponíveis no Internet. Mas outlasted diversos outros compartimentos da tecnologia do crescimento-tempo, incluindo O Padrão Da Indústria e Herring Vermelhos, Wired está crescendo outra vez sob o sentido do Editor-em-Chefe Chris Anderson.

No passado diversos anos, Wired produziu alguns artigos deajuste, including o abril 2003 "boa vinda história à economia do hidrogênio", o novembro 2003 "que a fonte aberta em toda parte" emite (que pôs na tampa e articulado a idéia que o método da abr-fonte estava fazendo exame fora fora do software, incluindo como evidenciado perto Wikipedia), o fevereiro 2004 "beijo edição do seu cubicle adeus" (que apresentou a edição do outsourcing dos perspectives americanos e indian), e um artigo de outubro 2004 por Chris Anderson, que inventou o termo popular Cauda Longa.

A introdução de novembro 2004 de Wired foi publicado com O CD Wired. Todas as canções no CD foram liberadas sob vário licencia, uma tentativa de introduzir o copyright alternativo no spotlight. A maioria das canções foram contribuídas por artistas principais, including , Meu Revestimento Da Manhã, Paul Westerberg, David Byrne, e Le Tigre.

Recentemente o compartimento ganhou a concessão nacional do compartimento para o excellence geral na categoria de 500.000 a 1.000.000 subscritores.

Sobre os anos, Wired 'os escritores de s incluíram, entre muitos outros, Paulina Borsook, Paul Boutin, Tipo De Stewart, Po Bronson, Microplaqueta Bayers, Denise Caruso, , Joshua Davis, J. Bradford DeLong, Patrick Di Justo, Cory Doctorow, Esther Dyson, Marque Frauenfelder, Simson Garfinkel, , George Gilder, Katie Hafner, John Heilemann, Xeni Jardin, Steven Johnson, , Leander Kahney, Mitch Kapor, Jon Katz, Patrick Kroupa, , Jaron Lanier, Levy De Steven, Pamela McCorduck, Oliver Morton, Adam Penenberg, Charles Platt, Randall Rothenberg, Phil Patton, Spencer Reiss, Rudy Rucker, Joshua Quittner, Paul Saffo, Sandfort Arenoso, Peter Schwartz, R. U. Sirius, , , e Lobo De Gary.

Referências

  • Lobo De Gary (2003). Wired: Um Romance. Casa Aleatória, New York. ISBN 0375502904
  • Paulina Borsook (2000) Cyberselfish: Brincadeiraar crítica através da cultura terrìvel libertarian do tech elevado PublicAffairs ISBN 1891620789

Ligações externas

Reino Unido Wired

 

  > Português > en.wikipedia.org (Traduzido por computador no português)